quarta-feira, 25 de abril de 2012

Vasos condutores de seiva: Xilema e Floema.


 

 Vasos condutores de seiva são especializados na condução e na distribuição de substâncias nutritivas para as plantas. Para que isso fique mais claro, podemos comparar os vasos condutores das plantas com os vasos sanguíneos dos animais, e fazer uma ponte para compreender suas duas principais funções.

  Os transportadores dessas substâncias são o xilema e o floema, também conhecidos como vasos condutores de seiva bruta e seiva elaborada. 

  O xilema, ou seiva bruta, transporta basicamente água e sais minerais para a copa da planta. É composto por quatro tipos de células formados pelos elementos de vasos e pelos elementos traqueídos, as fibras lenhosas e o parênquima lenhoso. As células do xilema são células mortas com espessamentos de lenhina nas paredes laterais, ou seja, um  polímero encontrado nas plantas terrestres, cuja função é conferir rigidez, impermeabilidade e resistência. Junta com a celulose são as principais constituintes da madeira. As fibras lenhosas são células mortas alongadas e com celulares espessas, são responsáveis pelo transporte do xilema em si. E o parênquima possui células vivas com função de reserva. 

  O floema, ou seiva elaborada, transporta água e substâncias orgânicas vindas da copa para as raízes da planta (resultante da fotossíntese). Também é constituída por quatro tipos de células: as células do tubo crivoso, células de companhia, fibras liberinas e parênquima liberino. As células do tubo crivoso são células vivas especializadas, ligadas de ponta a ponta e com orifícios nas paredes transversais, ou seja, através desses orifícios se estabelecem entre o citoplasma e as células consecutivas uma estrutura de contato dos tubos crivosos. As células de companhia são parenquimatosas vivas e se encontram associadas ao tubo crivoso, por isso o nome. As fibras liberinas são células mortas de parede espessa com função de suporte. E para completar, o parênquima liberino é composto por células vivas de parede fina com função de reserva. 

  Bem, esses são os vasos condutores de seiva das plantas e eles só começam a aparecer propriamente ditos nas pteridófitas.


                     Bárbara Frota.

Um comentário:

  1. Muito bom! Informações essenciais para um ótimo trabalho escolar

    ResponderExcluir